Cultura, linguagem, sentimento e ACT

Desde criança, sempre tive vontade de conhecer outros idiomas. Quando ainda estava no Ensino Fundamental, tive a oportunidade de aprender inglês e já tinha a intenção de explorar outras línguas no futuro. Esse objetivo se concretizou recentemente, ao ter a chance de estudar outros idiomas que me interessam, como o alemão. Essa experiência tem me feito refletir sobre o modo como nos comunicamos.   Ao longo da minha graduação em Psicologia, fui compreendendo o papel da linguagem e dos idiomas...

Escrever sobre não conseguir escrever

Era minha semana de escrever no blog. Eu costumo escrever a partir de alguma experiência que me convoca ou me inspira. Nesta semana foram várias: adaptação da minha pequena na escolinha, reencontro com amigas queridas de um antigo trabalho, bodas de ouro dos meus pais e mais tantas outras. Em frente ao computador, estava difícil escolher um caminho, até que tive a ideia de escrever sobre não conseguir escrever. Vamos lá: Estou me propondo a fazer algo novo para mim,...

AS CRIANÇAS PRECISAM DE SEUS PAIS FELIZES, NÃO NECESSARIAMENTE JUNTOS

Às vezes, o divórcio é a melhor decisão que um casal pode tomar, para o próprio bem-estar e dos filhos. Um ambiente onde só há brigas, além de ser um mau exemplo, não é saudável para ninguém, principalmente para as crianças ao ver seus pais, as pessoas mais importantes de suas vidas, em constante conflito e sendo infelizes. Em relação à saúde emocional das dos filhos de pais separados, estas têm mais saúde mental do que as crianças que convivem...

Descrevendo as Terapias Comportamentais Contextuais

Em minha última supervisão me senti instigada a treinar como explicar o que faço, a linha teórica que sigo e as abordagens das Terapias Comportamentais Contextuais para meus novos clientes ou pessoas que perguntam sobre o meu trabalho. E isso acontece seguidamente. Gostei da provocação e vou aproveitar esse momento para realizar esse treino aqui com vocês.  Afinal, o que são as Terapias Comportamentais Contextuais? Nas minhas pesquisas encontrei essas explicações: As Terapias Comportamentais Contextuais são um conjunto de abordagens...

Carta de Despedida

Estou atualmente finalizando um curso de formação em Terapia Analítica Funcional (FAP). Com a chegada desse final, faço uma reflexão sobre como foi esse processo e (como uma tarefa do próprio curso) como eu gostaria que fosse essa despedida. Por mais que seja a finalização deste curso, ao entrar em contato com isso, me conecto com outros encerramentos de ciclos que já vivi. Como você lida com as despedidas? Você já fez essa reflexão? Pode ser que esse assunto gere...

Treinamento de Habilidades em DBT para familiares

Os quadros de desregulação emocional são caracterizados pela instabilidade do humor, dificuldade em identificar e entender as respostas emocionais e dificuldade em saber o que fazer para regulá-las. É um conjunto de respostas emocionais muito reativo somado a inabilidade para modular as emoções intensas e comportamentos associados e essas respostas. Acarretando em problemas de comportamento e nas relações interpessoais e desregulação cognitiva e de identidade.  Alguns transtornos apresentam quadros de desregulação, como Transtorno de Personalidade Borderline, Bipolaridade, Dependência Química, Depressão e...

Como lidar melhor com as emoções durante as férias da psicóloga?

Assim como qualquer outro profissional, um tempo de descanso é essencial para recuperar as energias e recomeçar o trabalho com mais disposição. Somado a isso, destaca-se a necessidade dos profissionais da psicologia de cuidar da própria saúde mental para poder cuidar da dos pacientes – assim como em um avião despressurizado, em que primeiro é necessário colocar a máscara de oxigênio em si mesmo, para depois ajudar os outros a colocarem também.  Na Terapia Comportamental Dialética, existe uma hierarquia de...

Lições que aprendi jogando Boardgames

Desde anos recentes houve um influxo de jogos de tabuleiros novos no mercado brasileiro. Outrora os jogos com os quais os mais velhos de nós cresceram, como Uno (que conheci como Mau mau), Risk (que conheci como War), Monopoly (que conheci como Banco Imobiliário) e Game of Life (que conheci como… bom… jogo da vida) não reinam mais soberanos. E, como a variedade de jogos, há uma variedade grande de mecânicas e dinâmicas de jogos. Neste final de semana visitei...

Com os pés em março…

Dizem que março é quando o ano começa “para valer”. Meu convite aqui é que a gente possa pensar sobre o que significa “para valer” para cada um de nós. Para alguns talvez seja “tempo de correr”,  de “ir atrás”, de “fazer acontecer”. Ir atrás do que mesmo? Você sabe o que quer? Para onde vai? São algumas reflexões que podem nos ajudar a encontrar sentido no que estamos fazendo, ou nos mostrar que estamos perdidos de nós mesmos e...

Seu filho/filha deveria ser exatamente como você gostaria que fosse?

De uma maneira geral, o amor pelos filhos é um dos mais intensos… Porém, muitas vezes não percebemos, mas criamos expectativas altíssimas… na ideia de desafiar e tirar o melhor de nossos pequenos, podemos colocar tanta pressão sobre eles e tornar uma relação com condições: “Só vou te amar se… for como eu quero, ou não for desta forma, ou se fizer tal coisa, ou…” É bom lembrar que as crianças não são uma extensão da mãe ou do pai....