Em busca da sabedoria, ou, A dialética do ir em frente

“Moderação em todas as coisas” – Aristóteles “A estrada do excesso leva ao palácio da sabedoria” – William Blake   Quando o sábio grego (384-322 AC) pensou sua famosa frase, me questiono qual era o contexto – isto é, quem eram os interlocutores, que experiências ocorreram – pois é só no contexto que creio que podemos começar a entender algum evento. Mas, de lá pra cá, creio que essa frase foi usada brilhantemente por muitos outros sábios. Também, pela sua...

Flexibilidade Psíquica e Abertura Radical

Dentro do “sol” da ciência comportamental contextual existem abordagens que orbitam mais próximas, como a Terapia de Aceitação e Compromisso, e outras um pouco mais distantes. Digo isso não por um caráter de superioridade e sim por características mais integrativas. Um exemplo notório é a Terapia Comportamental Dialética, em razão do quanto esta bebe em outros modelos, como por exemplo o modelo da Terapia Cognitivo Comportamental e a filosofia Dialética (uma visão compatível e complementar à filosofia Contextualista Funcional, porém...

Semana 24

É a semana 24. Semana 24 do que? Da formação de uma vida. Do desenvolvimento de um bebê. Da preparação de uma mãe, de um pai? Do gestar. Do descobrir-se duas em uma. Do respirar mais ofegante. Do maior milagre da natureza. Do constante desenvolver de uma vida.  24 semanas de um sonho que vem crescendo dentro de mim.   Como definir “a ‘semana 24’ de uma gestação”? Falar deste fenômeno ou desta experiência é…. desafiador? nunca suficiente? indescritível? Faltam-me...

Terapia para diminuir a solidão

Terapia serve pra aumentar o autocontrole, certo? Normalmente, quando pensamos em uma pessoa que precisa de ajuda psicológica, temos em mente alguém que é excessivamente guiado pelas emoções. Nesse caso, provavelmente essa pessoa tem dificuldade de tomar decisões racionais e resolver seus problemas. A terapia e os medicamentos a ajudarão a reduzir o impacto negativo das emoções, a alinhar seus objetivos e até a amadurecer psicologicamente. Mas e se a dificuldade não for essa? Pense em alguém que não consegue...

Cuidar do outro – sinalização, perspectiva e alteridade

Um paciente me relatou esta semana que, movido pela fome, buscou preparar um alimento rápido. Foi interrompido por uma pessoa próxima, que interviu com promessas de uma experiência gastronômica superior. “Não é necessário”, disse o paciente, “Quero apenas comer qualquer coisa rápida, pois estou com bastante fome”. Este suplicio foi ignorado, gerando afastamento a partir de uma intenção do outro de cuidar. Numa brincadeira, uma colega me disse em aula que eu deveria dar um curso de elogios. Me chamou...

Por que é tão difícil falar sobre o suicídio?

O suicídio impacta de forma direta na sociedade, Cerel et al. (2018) sugerem que por cada morte por suicídio, 135 pessoas são expostas, o que significa 1,4 milhões de pessoas expostas só no Brasil. Quando consideramos o impacto na família, os pais das vítimas de suicídio têm consideráveis problemas sociais e de saúde após da morte de seus filhos, incluindo taxas elevadas de depressão, ansiedade, dificuldades na estrutura familiar nos primeiros dois anos e separação conjugal (Bolton et al., 2013)....

Fechando Ciclos

Aqueles que passam por nós não vão sós. Deixam um pouco de si, levam um pouco de nós (Antoine de Saint-Exupéry)   Fechar ciclos. Eis um processo difícil (ao menos para muita gente). Fazer espaço para emoções e sentimentos da despedida. Receber o que o outro sente e expressa sobre esse momento. Abrir-se aos receios do passado, presente e futuro. Um verdadeiro mix de desafios. Mas afinal de conta, por que saber como encerrar ciclos é importante? Vou falar aqui...

Aprendendo a notar quando nossa mente nos fisga

Você já parou para pensar que nós humanos vivemos em dois mundos? Um deles podemos nomear de mundo interno, que é o mundo da nossa mente onde estão nossos pensamentos, emoções, sentimentos, memórias. O outro é o mundo externo, o qual percebemos através da nossa audição, visão, olfato, paladar e tato. Ao longo da evolução, nós aprendemos a controlar as coisas do mundo externo para resolver nossos problemas e facilitar nossas vidas. Por exemplo, quando estamos andando de carro e...

Sobre estar aqui

Parte 1: “Papai tá aqui”, minha filha me diz, na sua vozinha de algodão doce e em um tom tão gentil e amoroso que só uma criança de 20 meses consegue ter, enquanto bate suavemente a mãozinha nas minhas costas em um gesto de carinho. Ela parece tranquila, feliz. Nessa que parece ser uma experiência de contentamento sereno, ela me contagia. Refletindo sobre esse momento, me dou conta de que esse estar aqui é algo tão simples, tão banal, mas...

A arte de deixar para depois…

Depois de amanhã, sim, só depois de amanhã… Levarei amanhã a pensar em depois de amanhã, E assim será possível; mas hoje não… Não, hoje nada; hoje não posso. A persistência confusa da minha subjetividade objetiva, O sono da minha vida real, intercalado, O cansaço antecipado e infinito, Um cansaço de mundos para apanhar um elétrico… Esta espécie de alma… Só depois de amanhã… Hoje quero preparar-me, Quero preparar-me para pensar amanhã no dia seguinte… Ele é que é decisivo....