Abraçar o sofrimento?

Este texto aborda o sofrimento a partir da visão das Terapias Comportamentais Contextuais, as quais bebem na fonte da filosofia oriental, principalmente do budismo, o qual refere que a existência do sofrimento humano também pode significar imperfeição, impermanência. E há um ponto inicial: a constatação da existência do sofrimento e de que todos os seres estão sujeitos a ele. Nossa tendência, em geral, é negar. Parece que nos sentimos “traídos” pelo destino quando temos que lidar com as dificuldades da...

Validação, uma habilidade de aceitação

Tenho vivido uma experiência incrível; coordenar o Treinamento de Habilidades DBT para Pais e Familiares de pessoas com Desregulação Emocional. E neste trabalho a validação tem sido o tema central, porque mobiliza e co-responsabiliza todos os envolvidos. Saber escutar, compreender, acolher e principalmente controlar o impulso de aconselhar e resolver o problema do outro é um constante desafio. O impulso de todo pai ou familiar é evitar que o filho sinta dor e frustração (eu mesma já tive esse impulso...

Em busca da sabedoria, ou, A dialética do ir em frente

“Moderação em todas as coisas” – Aristóteles “A estrada do excesso leva ao palácio da sabedoria” – William Blake   Quando o sábio grego (384-322 AC) pensou sua famosa frase, me questiono qual era o contexto – isto é, quem eram os interlocutores, que experiências ocorreram – pois é só no contexto que creio que podemos começar a entender algum evento. Mas, de lá pra cá, creio que essa frase foi usada brilhantemente por muitos outros sábios. Também, pela sua...

A Validação e as Relações

  Estar em uma conversa onde percebemos que a outra pessoa está prestando atenção ao que falamos de forma interessada e entendeu a nossa perspectiva, pode ser uma das formas que a validação se apresenta. E que conversa boa, não é? Imaginemos uma situação: estamos em uma reunião de trabalho e chegou o momento para apresentar o projeto que estamos trabalhando há alguns dias. Tem uma pessoa que mexe no celular constantemente. Outra que olha de forma constante ao entorno,...

Algumas armadilhas no caminho para a Aceitação

Desde que comecei a estudar as Terapias Comportamentais Contextuais, em especial a ACT, para a minha prática profissional (e estudar é algo que gosto bastante), eu intuitivamente passei a tentar aplicar para a minha vida os princípios e processos de mudança propostos pela abordagem. O objetivo da ACT é desenvolver repertório de Flexibilidade Psicológica, que é a habilidade de contatar o momento presente de forma mais plena, como um ser humano consciente, e mudar ou persistir em um comportamento servindo...

Sabe quando “vira a chave?” Então…

Às vezes estamos tomados por uma única perspectiva de ver as coisas e de experimentar as coisas. Podemos até “saber” que podíamos nos comportar diferente diante daquela situação que nos desagrada, mas simplesmente não conseguimos. Seguimos agindo do velho jeito que não funciona. O jeito que pode ser xingando, exigindo, cobrando ou reclamando.. mostrando nossa insatisfação… e as coisas seguem iguais. É como se a gente “sacudisse, sacudisse”  e nada acontecesse. No fundo a gente reclama para aliviar a raiva...

Um dia como qualquer outro, mas…

E começou assim… Um dia como qualquer outro, era final do veraneio, a família estava terminando de tomar café da manhã e arrumar as malas para voltar para Porto Alegre. O grupo estava em dois carros separados, os pais voltaram em um dos carros e as duas filhas, uma acompanhada de seu namorado e outra de sua amiga, em outro. O carro com as filhas e os acompanhantes estava mais a frente e, em um certo momento da viagem, eles...

Na Trilha com Consciência Plena

    Você já teve a oportunidade de fazer uma trilha numa mata fechada praticando mindfulness? Sim, isso é possível e vou compartilhar aqui minha experiência num espaço de vivências em Três Coroas/RS. Utilizarei como aporte teórico as ideias de Marsha Linehan, sobre “O QUE FAZER”  e  “COMO FAZER” mindfulness.   Mindfulness é a qualidade da consciência ou presença que uma pessoa traz à vida cotidiana.  Segundo Linehan (2018) “é o ato de conscientemente focar a mente no momento presente,...

Como podemos estar atrapalhando nossa própria terapia?

O tema do texto desta semana é um tanto delicado. A ideia é que a gente possa pensar um pouco sobre como algumas das nossas características podem atrapalhar no nosso próprio crescimento na terapia. Sou terapeuta, mas hoje falo da perspectiva de cliente. A terapia é um lugar onde dois humanos se encontram para trocar informações, mostrar emoções, praticar habilidades e fazer planos, assim como qualquer outro tipo de relação. Claro que tem algumas características especiais: há um conhecimento técnico...