O Julgamento

Quando comecei a estudar as terapias comportamentais contextuais e mindfulness, logo de cara me deparei com um desafio: como adotar uma postura não julgadora? Kabat Zinn, um dos principais precursores dos estudos em mindfulness descreveu esta habilidade como prestar atenção de propósito e sem julgamento. Não só ele, mas tantos outros autores associam o não julgamento à abertura e aceitação, processo bastante explorado na ciência comportamental contextual. Eu, como tenho um lado que gosta de seguir regras e queria fazer...

LIDERANÇA CONTEXTUAL: Treinamento de Habilidades de Atenção Plena, Regulação Emocional e Efetividade Interpessoal no ambiente do trabalho

Hoje venho falar de um sonho que se tornou realidade – aliar minha larga experiência no mundo corporativo com minha paixão pelas Terapias Comportamentais Contextuais – nesse caso específico pela Terapia Comportamental Dialética. Nós da Equipe Cefi Contextus decidimos inovar, sendo protagonistas ao trazer para o mundo do trabalho o Treinamento de Habilidades da Terapia Comportamental Dialética (DBT-SE – Skills for Employment). A proposta deste treinamento é possibilitar aos trabalhadores acesso a ferramentas para uma melhor gestão de aspectos relacionais,...

EU NÃO TROCARIA ESTA DOR POR NADA NESTE MUNDO…

Foi uma das frases ditas pela maravilhosa “treinadora” de psicoterapeutas, Robyn Walser, que esteve no Workshop online promovido pelo Núcleo Cefi Contextus no último final de semana. Um workshop sensível e ao mesmo tempo “pé no chão”, que é, como eu entendo, uma forma flexível de lidar com as dores da vida. Sensível no sentido de se conectar com o outro, com os olhos, com o corpo inteiro. “Pé no chão” no sentido de não fugir da dor que está...

POR DENTRO DA PELE: EXPERIÊNCIAS DE AUTOCUIDADO

  Acredito que um olhar generoso, de disposição e aceitação para essa pandemia seja a possibilidade de novos aprendizados. Estamos todos tendo que nos reinventarmos, seja no aprendizado das novas tecnologias, do mundo virtual, das relações sociais e familiares, mas fundamentalmente na relação consigo mesmo. Há um convite para um caminho de conexão e conscientização para o que habita dentro de cada um de nós, o que costumamos dizer: “o que existe dentro da pele”, sejam emoções, pensamentos, sensações. Nesse...

O que fazer com o medo?

“E agora? O que vai acontecer?” Isso tem se passado na sua cabeça? Nos últimos três meses, inúmeras vezes me perguntei sobre o que será do futuro. Imagino que este é um questionamento inevitável, que ronda os pensamentos de muitos de nós. E este futuro tão incerto pode vir carregado de muito medo, afinal, os números e os fatos são realmente alarmantes e tristes. E não basta a realidade ser dura, a criatividade da mente humana é larga, temos uma...

Acessando a vulnerabilidade para a mudança

Tenho estudado com um grupo de amigos sobre o livro “Imunidade à Mudança” (Kegan & Lahey,2017) e em todos os nossos encontros fico buscando conexões com as Terapias Comportamentais Contextuais, meu foco de trabalho e estudo hoje. Me sinto instigada e adoro fazer isso, conectar minha experiência anterior em organizações com meu mundo atual na Psicologia Clínica. Além disso, também me sinto convidada a pensar em nosso momento e nas mudanças que estamos tendo que enfrentar. Criamos uma metáfora para...

Julguem-me!

Hoje, enquanto escrevo esse texto, reconheço que estou há 60 dias em casa em decorrência do isolamento social. Assim como vocês, já passei por muitas fases. Uma semana antes de estourar a pandemia no Brasil, estava em São Paulo e lembro que ríamos do exagero de alguns paulistanos de máscara no shopping e os funcionários do supermercado passando álcool nos carrinhos. O vírus ainda parecia algo muito distante (ao menos para mim).  Uma semana depois, lembro de uma pessoa querida...

VAMOS SER DE VERDADE?

Ter 5 mil amigos virtuais e não saber o prato favorito de 10 deles. Não conhecer a força do seu abraço, o seu jeito de andar e os seus lugares favoritos. Se gosta de café ou se prefere chá. Se adoça ou não. Entre vinho e cerveja, não saber o que ele escolhe. Que pizza mais gosta. O que gosta de fazer, de verdade, no sábado de tarde. No sábado de noite.  DE VERDADE. Não aquilo que as redes sociais...

Vamos tentar manter a rotina… MAS CALMA!

Hoje eu quis falar sobre um tema bastante discutido nesse momento, não é diretamente sobre o CODIV-19, mas sobre algumas consequências que podemos sentir pelas medidas de isolamento nesse momento. Desde março deste ano, o Ministério da Saúde adotou medidas de isolamento para realizar a contenção do COVID-19. A partir daí, nosso dia a dia mudou drasticamente. Alguns seguiram trabalhando externamente por opção, outros passaram para modalidade home office, outros não tiveram a possibilidade de realizar seu trabalho de forma...

Não dá

Queria conseguir realizar mais coisas, me organizar melhor, aproveitar mais meu tempo. Tantas coisas novas que gostaria de aprender, tantas coisas antigas que seguem por fazer, tantos planos engavetados. Queria aproveitar melhor o tempo. Esse momento em que há uma ruptura no fluxo de como a vida costumava seguir, em que a rotina muda radicalmente devido ao distanciamento social, traz à tona esse impulso de retomar velhos planos e de otimizar minha vida. Na tentativa de encaixar esses planos no...