Como a desregulação das emoções nos cega e interfere na nossa percepção sobre o mundo?

Pode parecer estranho ou indelicado sugerir que a maioria de nós, quando está submerso numa doença mental, não está capaz de pensar. Ou nem precisa ser numa doença mental, uma boa desregulação das emoções já faz este serviço. Mas não é assim que a pessoa se sente, é claro. Por dentro, nossas mentes provavelmente se sentem ocupadas e focadas em organizar os pensamentos, não nos dão um momento de descanso e ficamos exaustos pelas maratonas que nossos pensamentos correm dentro...

Em Busca de Rotas Alternativas

Quando eu saio de casa e toca uma música que eu gosto, acontece o seguinte: paro na escola dos meus filhos querendo ir para o consultório (digo, parava, em outra época kkk), no consultório tentando ir pra casa… São respostas automáticas, as quais nos ajudam imensamente a economizar energia e tocar a vida da forma que precisamos. Por isso gosto e faço uso de um bom GPS. Além das minhas óbvias dificuldades de localização geográfica e espacial, ele me parece...

Maldita perfeição…

Ela atrasa minha vida. De verdade. Um trabalho para entregar, uma aula para dar, um jantar para fazer, ou até mesmo uma fala na conversa com amigos… lá vem a perfeição me dizendo que tem que sair tudo clean, perfeito. Assim, este texto será um espaço para eu praticar a imperfeição. Você pode ter desanimado agora e até pensado “Por que diabos ler algo que não estará perfeito?”. Talvez então eu e você não sejamos os únicos com certa dificuldade...